,

,

.

.

segunda-feira, 17 de julho de 2017

“Engolindo o sapo”

Depois de toda expectativa e previsibilidade, finalmente saiu a sentença condenatória de Lula pelo juiz federal Sérgio Moro. A mesma deveu-se a um apartamento tríplex supostamente (não havia escritura com o nome de Lula ou de sua falecida esposa) dado ao ex-presidente pela empreiteira OAS, como forma de propina.

Sérgio Moro sabia perfeitamente o quê estava fazendo. Teve muito tempo pra investigar, ouvir testemunha e pedir clamor da sociedade (quem é da área jurídica sabe o quanto absurdo é isso), parecia até questão de honra sentenciar o ex-presidente como culpado. Mesmo não havendo prova cabal alguma.

Como todos sabem, o único propósito deste absurdo é tornar o maior líder da Esquerda na América Latina inelegível para 2018. Isso porque seus adversários são conscientes da impossibilidade de vencê-lo na disputa eleitoral, pois Lula alcança índices invejáveis nas pesquisas, consolidou-se há tempos em primeiro e sua rejeição diminui a cada tentativa de desqualificá-lo.

O que pesa a favor de Lula são exatamente os números de seu governo, principalmente na economia. Segundo o IBGE, entre 2004 a 2010 o Brasil diminuiu o desemprego, valorizou o salário mínimo, obteve reservas cambiais (espécie de poupança) de mais 200 bilhões de dólares, pagou a dívida externa (tornando-se credor do FMI), uma considerável diminuição na concentração de renda, dentre muitos outros.

Mesmo com todas essas benesses, o mais significativo feito conseguido pelos governos progressistas, liderados pelo Partido dos Trabalhadores, foi o de ter tirado mais de 40 milhões de família do mapa da fome. Feito esse reconhecido pela Organização das Nações Unidas e que levou respeito e estima do Brasil ao mundo.

Contudo nossa elite mesquinha não admitiu ceder, nenhum pouco. Sim, pois para ter justiça social é preciso que diminuir a fatia de quem ganha mais.

Assim os “donos do Poder” moveram todos os seus tentáculos para impedir a volta desse grande líder, pois não querem saber de progresso e avanço, tendo em vista que essas palavras ressoam como perda para eles.

Podem perseguir Lula de todas as formas, nunca conseguirão abafar o brilho dele. As denúncias a pesar contra eles foram todas caindo por terra e comprovando que, além de grande presidente, é um homem probo. Mesmo, nesta semana, com sua condenação esperada Lula tornou-se ainda maior. Menos para aqueles elitistas que se julgam superiores.

Não poderia deixar de falar desse grande líder. Como ele mesmo ressaltou “só a população brasileira poderá dizer se estou acabado”. De acordo com os números, quem está são os seus adversários que nunca “engoliram esse sapo”.

Piauihoje
Foto: Michel Filho / Agência O Globo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Folha de Parnaíba, Blog do Pessoa, Portal do catita,